HOME | FALE conosco | TRABALHE CONOSCO | CADASTRE-SE | Indique este SITE | Links | Portal
 
O INSTITUTO
PROGRAMAS
PARCERIA NOTA 10
Fotos do Verão
   
 Notícias sobre educação
 


Vencedores do Qualiescola recebem premiação



Antes de ler a notícia sobre a premiação de 2008, veja um breve resumo sobre o Prêmio Qualiescola.


O IQE em Santa Cruz do Sul


O IQE chegou ao Rio Grande do Sul para implementar o Programa Qualiescola nas escolas municipais de Santa Cruz do Sul e Venâncio Aires, com o patrocínio da Philip Morris Brasil e da Universal Leaf Tabacos e o apoio da AFUBRA - Associação dos Fumicultores do Brasil e do SINDIFUMO - Sindicato da Indústria do Fumo do Rio Grande do Sul.


As empresas e entidades avaliaram que os benefícios da implementação do programa Qualiescola estavam em linha com os objetivos do ?Programa O Futuro é Agora!?, isto é, a melhoria da qualidade do ensino contribuiria para aumentar a freqüência dos filhos dos agricultores às aulas e reduzir a evasão escolar nas áreas agrícolas.


O Instituto Qualidade no Ensino iniciou a implementação do PROGRAMA QUALIESCOLA no final do segundo semestre de 2003, finalizada em dezembro de 2005. (Saiba mais: Relatório final do programa)


Segundo Maria Liege Barbosa de Oliveira, coordenadora do Programa Qualiescola a secretaria de Santa Cruz do Sul, após um ano de programa ?a freqüência dos alunos às aulas chegou a quase 100%. Os professores desejavam uma formação específica, o que foi alcançado com o programa do IQE?.


Para Mônica Maas, supervisora da Escola Municipal Cardeal Leme (SCS), ?o programa deu direção aos professores, aumentou o rendimento dos alunos, que passaram a refletir e pensar sobre o que estavam aprendendo, tornando-se mais participativos, gerando opiniões sobre os assuntos tratados. A resistência inicial dos professores foi acabando quando perceberam como os alunos aprendiam melhor?.


Com o intuito de fomentar, junto às escolas da Rede Municipal de Ensino, a oportunidade de apresentar e desenvolver estratégias de elaboração e reelaboração de práticas e saberes numa perspectiva cooperativa, continuada e consistente, nasceu, em 2006, o Prêmio Qualiescola SMEC Santa Cruz do Sul, iniciativa de uma parceria entre setor público ? representado pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Santa Cruz do Sul ? o setor privado ? representado pela Philip Morris Brasil e Universal Leaf Tabacos ? e o terceiro setor, representado pelo IQE-Instituto Qualidade no Ensino.


O Prêmio tem como objetivo reconhecer práticas pedagógicas e de gestão, coerentemente construídas e desenvolvidas a partir dos fundamentos do Programa Qualiescola, implementado pelo IQE junto às escolas da Rede Municipal que atendem ao segmento de Classe de Alfabetização a 4ª séries e, como tal, visa valorizar as unidades escolares e seus educadores no processo educacional.


Vencedores do Qualiescola recebem premiação


Entrega de troféus e prêmios em dinheiro beneficiou professores e escolas


Cristina Severgnini


As escolas e professores autores dos 10 projetos vencedores do Qualiescola 2008 - realizado pelo Instituto Qualidade no Ensino (IQE), Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SMEC) de Santa Cruz do Sul, Philip Morris Brasil (PMB) e Universal Leaf Tabacos (ULT) - receberam troféus e prêmios em dinheiro na noite desta terça-feira, 18 de novembro. O evento, realizado no Clube União com a presença de autoridades e convidados, foi também o momento da revelação dos vencedores. Dos 39 trabalhos inscritos, 10 foram premiados (ver tabela abaixo) com distribuição total de R$ 24 mil.


O educandário que mais recebeu prêmios foi a Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Cardeal Leme, de São Martinho, que levou os dois prêmios principais na categoria Geral e o Destaque em Matemática Escola Rural. A escola que atende 129 alunos, recebeu R$ 7,5 mil, sendo R$ 3 mil pelo projeto ?Educação diferenciada para o meio rural?, R$ 3 mil pelo ?Integrando a comunidade escolar? e R$ 1,5 mil pelo projeto ?Sólidos geométricos?, sendo R$ 1 mil para o professor.

Ao fazer uso da palavra, o presidente o Instituto Qualidade no Ensino (IQE), Horácio Almendra, disse que, para haver educação de qualidade, os professores devem estar capacitados e comprometidos e o Qualiescola reconhece o trabalho desses educadores. ?Educação de qualidade se faz na sala de aula?, enfatizou. O diretor de Operações, da Philip Morris Brasil, Roberto Seibel, falou da parceria com o IQE trazida para a região em 2003 e que tem contribuído com a educação básica nas escolas públicas. ?A inscrição de quase 40 projetos demonstra a qualidade do trabalho feito para que alunos de escolas urbanas e rurais usufruam dos benefícios do programa?.

Por sua vez o presidente da Universal Leaf, Robert Earl Jones, lembrou que o sucesso da empresa deve ser dividido com a sociedade e exemplos disso são o Universal Leaf Cidadão - programa social desenvolvido no Bairro Menino Deus ? e o Qualiescola. Ele disse também que é realmente gratificante contribuir com a qualidade do ensino em Santa Cruz do Sul. ?Esta é uma festa para celebrar a educação e nos mostra que tomamos a decisão certa ao nos unirmos à Philip Morris em 2004 para dar andamento a este projeto?.

E o secretário municipal de Educação, Nasário Bohnen, lembrou que o Qualiescola é um exemplo de parceria, aliando esforços coletivos pela educação. ?Juntos, encontramos melhores caminhos para o desenvolvimento de nossos educandos?, disse. ?Os projetos realizados nas escolas provam que a união torna as adversidades pequenas e as dificuldades em detalhes que podem ser superados?.

Estiveram presentes à entrega do Prêmio Qualiescola também a juíza diretora do Foro da Comarca de Santa Cruz do Sul, Josiane Caleffi Estivalet; o pró-reitor de Extensão e Relações Comunitárias da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), Luiz Augusto Costa a Campis; o presidente da Câmara de vereadores, Hildo Ney Caspary; e a coordenadora da 6ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), Gardênia Goettert. Também participaram do ato o coordenador do Programa ?O futuro é Agora!?, Sérgio Rauber; o vice-presidente da Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra), Heitor Petry; e a gerente geral do IQE, Maria Cristina Salerno dos Santos, entre outras autoridades.

Concorreram ao Prêmio Qualiescola projetos nas modalidades Ensino e Aprendizagem em Língua Portuguesa, Ensino e Aprendizagem em Matemática, nas categorias Escola Urbana e Rural, e a modalidade Geral, com as categorias Gestão Escolar e Comunidade. A promoção é direcionada às escolas que atendem da alfabetização a 4ª série e as práticas pedagógicas foram construídas e desenvolvidas a partir dos fundamentos do Programa Qualiescola, que busca promover o desenvolvimento dos alunos nas áreas de Língua Portuguesa e Matemática. A iniciativa é parte integrante do Programa ?O Futuro é Agora!? que tem por objetivo a erradicação do trabalho infantil de crianças e adolescentes nas lavouras de fumo.



Prêmio principal

Categoria Projeto Vencedor Premiação
Geral - Modalidade Gestão Escolar ?Educação diferenciada para o meio rural?
- EMEF Cardeal Leme
- R$ 3.000,00 para a escola sede do projeto e troféu.
Geral ? Modalidade Comunidade Escolar ?Integrando a comunidade escolar?
- EMEF Cardeal Leme
- R$ 3.000,00 para a escola sede do projeto e troféu.
Escola Rural ? Modalidade Língua Portuguesa ?Caldeirão de histórias: a magia de escrever?
- EMEF Vidal de Negreiros
- Prof. Jôse Adriane Ferreira
- R$ 2.000,00 e troféu para o professor coordenador.
- R$ 1.000,00 para a escola sede do projeto.
Escola Rural ? Modalidade Matemática ?A Matemática em nosso cotidiano?
- EMEF Félix Hoppe
- Prof. Maria Denise S. Graff
- R$ 2.000,00 e troféu para o professor coordenador.
- R$ 1.000,00 para a escola sede do projeto.
Escola Urbana ? Modalidade Língua Portuguesa ?Qual a história??
- EMEF Luis Schroeder
- Prof. Elisete Massirer
- R$ 2.000,00 e troféu para o professor coordenador.
- R$ 1.000,00 para a escola sede do projeto.
Escola Urbana ? Modalidade Matemática ?A Matemática do cotidiano através de gráficos?
- EMEF São Canísio
- Prof. Sílvia L. P. Wermuth
- 2.000,00 e troféu para o professor coordenador.
- R$ 1.000,00 para a escola sede do projeto.



Prêmio destaque

Categoria Projeto Vencedor Premiação
Escola Rural ? Modalidade Língua Portuguesa ?Minhas memórias, minhas histórias, leitura e produção de textos?
- EMEF Rio Branco
- Prof. Maria T. Gollmann
- R$ 1.000,00 e troféu para o professor coordenador.
- R$ 500,00 para a escola sede do projeto.
Escola Rural ? Modalidade Matemática ?Sólidos geométricos?
- EMEF Cardeal Leme
- Prof. Celson Albrink
- R$ 1.000,00 e troféu para o professor coordenador.
- R$ 500,00 para a escola sede do projeto.
Escola Urbana ? Modalidade Língua Portuguesa ?Enfatizando a oralidade no processo de alfabetização?
- EMEF Guilherme Hildebrand
- Prof. Marcia Regina Melchior
- R$ 1.000,00 e troféu para o professor coordenador.
- R$ 500,00 para a escola sede do projeto.
Escola Urbana ? Modalidade Matemática ?Jogando para aprender Matemática?
- EMEF Duque de Caxias
- Prof. Marciane B. Casarotto
- R$ 1.000,00 e troféu para o professor coordenador.
- R$ 500,00 para a escola sede do projeto.