HOME | FALE conosco | TRABALHE CONOSCO | CADASTRE-SE | Indique este SITE | Links | Portal
 
O INSTITUTO
PROGRAMAS
PARCERIA NOTA 10
Fotos do Verão
   
 Notícias sobre educação
 


IQE no XII ENEM, Encontro Nacional de Educação Matemática




De 13 a 16 de julho, aconteceu na Universidade Cruzeiro do Sul (Unicsul), em São Paulo, o XII ENEM, Encontro Nacional de Educação Matemática.


Segundo o professor Suedy Azevedo, formador de Matemática do IQE/PE, o evento, que reuniu pesquisadores e professores de todo o país, envolvidos com a Educação Matemática, foi marcado pelo momento de aprendizado, discussões e troca de experiências com especialistas que pesquisam sobre os mais diversos temas, entre eles: formação inicial e continuada, currículo, práticas metodológicas, programas sociais e tecnologias na educação.


Nesse encontro, uma equipe formada pelo prof Suedy Azevedo, licenciado em Matemática pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Lidiane Carvalho e Otai dos Santos, mestrandos da UFPE, e Lucelma Carvalho, aluna da Licenciatura em Química na mesma instituição, apresentou um trabalho cujo foco foi a participação de estudantes em projetos e decisões de uma Escola de Referência em Ensino Médio, que funciona em período integral na cidade de Bezerros – PE. Foi observado que, nessa escola, a participação dos estudantes se dava, em geral, por meio do Protagonismo Juvenil — uma filosofia implantada na escola. O grupo mostrou algumas das ações desenvolvidas por meio de projetos buscando relacioná-las com características da escola participativa.


Na ocasião, a professora Christiane Rodrigues, mestre em Educação pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), formadora de Matemática do Programa Educação Ampliada, uma parceria entre IQE, ICE, Espirito Santo em Ação e a Secretaria Municipal de Educação de Vitória (ES), apresentou dois trabalhos. O primeiro, intitulado “Diretrizes curriculares do Ensino Fundamental do Município de Vitória: uma produção a muitas mãos”, foi escrito em colaboração com a pedagoga Carla Augusta de Carvalho e teve como objetivo apresentar o processo de revisão das Diretrizes Curriculares do Ensino Fundamental do Município de Vitória, mais especificamente a parte relativa à área da Matemática.


O resultado deste trabalho se mostrou favorável, haja vista a necessidade de organização, alinhamento, continuidade e progressão do currículo. O segundo trabalho foi um recorte da dissertação de Mestrado da professora, e apresentou o título “Como o sujeito com síndrome de Down aprende matemática?”. O objetivo da pesquisa foi ampliar a compreensão do processo de ensino e aprendizagem da Matemática para estudantes com síndrome de Down inscritos nos últimos anos do Ensino Fundamental. O trabalho apontou para formas de realizar um ensino mais efetivo da Matemática na Educação Inclusiva, proporcionando à Escola (re)construir uma prática pedagógica que favoreça o desenvolvimento de habilidades imprescindíveis à competência do estudante com síndrome de Down.


Fotos: